Livro: “Rock In Rio – A História do Maior Festival de Música do Mundo “

http://canaldorock.com.br/wp-content/uploads/2017/10/Livro-Rock-In-Rio-A-História-do-Maior-Festival-de-Música-do-Mundo.jpg
_____________________________________

Autor: Luiz Felipe Carneiro
Editora: Globo Editora
Ano de Lançamento: 2011
______________________________________

Sinopse da Editora

O festival que pôs o Brasil no mapa-mundi do show biz. Livro desvenda as antológicas histórias que rolaram no palco – e principalmente nos bastidores – das três edições do Rock in Rio realizadas no Brasil.

O verão nunca foi tão quente no Brasil quanto em 1985. De um lado, a temperatura política atingiu seu pico com a vitória de Tancredo Neves na eleição presidencial, marcando o fim de 21 anos de ditadura militar e o início da redemocratização. De outro, a juventude brasileira entrou em ebulição diante do mais grandioso evento musical já produzido no país: o Rock in Rio.

Hoje, o Brasil é destino obrigatório das turnês dos grandes astros internacionais do rock e do pop. Praticamente a cada semana, temos um artista estrangeiro de expressão se apresentando em nossas maiores capitais. Vinte e seis anos atrás, porém, o panorama era bem diferente: em sua maioria, os rockstars só vinham aos trópicos a turismo. Assisti-los ao vivo, no palco, só no exterior.

O Rock in Rio veio para revolucionar essa realidade. Sediado numa megalômana Cidade do Rock, complexo erguido especialmente para a ocasião, o festival não só abriu espaço para a então nascente geração do Rock Brasil – Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Kid Abelha – como também se atreveu a trazer para cá um cast internacional de peso e para todos os gostos: Queen, Yes, Iron Maiden, AC/DC, B–52’s, Scorpion.

A história do Rock in Rio inaugural, de 1985, juntamente com a das edições subsequentes realizadas no Brasil, em 1991 e 2001, é o objeto de estudo investigado com lupa por Luiz Felipe Carneiro em Rock in Rio – A história do maior festival de música do mundo. O autor pesquisou mais de 2 mil artigos e entrevistou os principais organizadores do festival (incluindo Roberto Medina, o “pai” do evento), além de dezenas de artistas e jornalistas, em busca dos mais marcantes e inusitados episódios de cada edição.

O saboroso recheio do livro, ilustrado com mais de 200 fotos, é composto de passagens antológicas testemunhadas dentro e, sobretudo, fora do palco. Como a de Rod Stewart jogando futebol com sua equipe dentro de uma luxuosa suíte de hotel, deixada literalmente em cacos. Ou a da surpreendente generosidade de Axl Rose, o costumeiramente intratável band leader do Guns’n’Roses, compartilhando o jantar com produtores, faxineiros e camareiras da equipe de apoio do festival. Ou, ainda, a da inesquecível Cássia Eller barbarizando num show a ponto de impressionar o ex-Nirvana David Grohl, líder do Foo Fighters.

Recontados na narrativa fluida de Carneiro, esses e muitos outros casos ajudam a entender os contextos em que foram realizados os megaeventos e, de certa forma, resgatam a trajetória de desenvolvimento da própria indústria nacional do show-biz. Para quem foi ao Rock in Rio, o livro aquece a memória. Para quem nunca foi, mas ouviu lendárias histórias a respeito, o livro traz uma compilação das melhores delas.
______________________________________

– Leia e saiba mais no site da Globo Editora. => https://goo.gl/gLBLo3

Livro: “ROCK and ROLL – Uma história social”

Livro - ROCK and ROLL, Uma História Social
_______________________________________________

Autor: Paul Friedlander
Editora: Record
Título Original: ROCK AND ROLL – A Social History
Ano de Lançamento: 1996
_______________________________________________

Sinopse da Editora

Crônica cobrindo 30 anos de um dos mais importantes fenômenos de massa do século XX – Paul Friedlander mostra como gospel, o country e o blues influenciaram desde Elvis e Marvin Gaye ao The Who.

O autor revisita a cena do rock clássico, alternativo e do punk-rock traçando a história do gênero musical que já atravessou cinco décadas de sucesso ininterrupto. A força social das melodias do Rock and Roll flui das páginas, enquanto Friedlander analisa todo um movimento histórico-social baseado em hits como Johnny B. Goode e Walk on the wild side.

Em sua viagem musical, Friedlander oferece os harmônicos acordes e notas tocadas por Elvis Presley, The Beatles, The Who, Bob Dylan, Rolling Stones, Eric Clapton, entre outros. Além de oferecer uma visão do universo das principais gravadoras, como Motown, e principais tendências das últimas décadas – new wave, rap, soul e folk.

ROCK AND ROLL: UMA HISTÓRIA SOCIAL retrata os diversos estilos musicais como locações de um gigantesco mapa rodoviário. Ao abri-lo, começa uma viagem de vila a vila, cidade para cidade, parando a cada capítulo para exemplificar cada vertente com seus representantes mais expressivos. Repleto de fatos curiosos, histórias, sons e sentimentos de cada locação, o livro esquadrinha como a sociedade reagiu ao se ver colocada entre o coração da bateria e o chiado das guitarras.

Paul Friedlander – professor no Conservatório de Música da Universidade do Pacífico, nos Estados Unidos – mistura dados menos conhecidos, mas não menos interessantes, da trajetória do rock, ao mesmo tempo em que aponta os fatores que moldaram seus diferentes estilos. Além disso, o autor fornece índice remissivo, notas e discografia, numa pesquisa que destaca Robert Palmer no blues, Dick Hebdige no punk e Tricia Rose no rap. A união do entusiasmo de fã com a capacidade técnica de um professor especializado tem por resultado uma obra definitiva para o entendimento de um dos mais importantes movimentos mundiais, já com mais de cinco décadas de existência. Paul Friedlander foi diretor-assistente do Conservatório de Música da Universidade do Pacífico, na Califórnia, e lecionou História da Música Popular no Lane Community College. Professor na Universidade do Oregon de História do Rock, é membro da Associação Internacional para o estudo da Música Popular.

“O rock and roll é veneno posto no som.” Pablo Casals, violoncelista “Eles [os Beatles] estavam fazendo coisas que ninguém fazia.” Bob Dylan, 1964 “Qualquer vento que estivesse soprando na época, levaria os Beatles também.” John Lennon, 1980 “Rock and roll é somente rhythm and blues. É a mesma música que eu tenho tocado por 15 anos em Nova Orleans.” Fats Domino, 1981 “Para mim rock and roll é música folk. Música de rua. Não se aprende na escola. Tem que ser captada.” Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin, 1972 “O melhor rock and roll armazena uma alta dose de energia – uma certa raiva – tanto no estúdio quanto ao vivo. É isso, o rock and roll só é rock and roll se não for seguro.” Mick Jagger, citado na Rolling Stone, 1988 “Você pode teorizar o quanto quiser sobre o rock and roll, mas ele é essencialmente uma coisa não intelectual. É música e só!” Jann Wenner, editor-fundador da revista Rolling Stone.
______________________________________________

Sinopse do Livro na Editora Record. http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=23024

Livro: “Mais Pesado Que o Céu – Uma Biografia de Kurt Cobain “

Autor: Charles R. Cross
Editora: Globo
Título Original: “Heavier Than Heaven: A Biography of Kurt Cobain”
Tradutor: Cid Knipel
Ano de Lançamento: 2005
___________________________________________________________

Release da Editora

“Mais Pesado Que o Céu” apresenta a vida singular de Kurt Cobain, o mítico líder do Nirvana, banda que revolucionou o estagnado mundo da música pop no início da década de 1990, com o lançamento do clássico álbum Nevermind.
Em capítulos que evoluem em ordem cronológica, Charles Cross traça a vida de Cobain desde sua infância, quando ele morava no interior de um trailer numa cidade perdida do estado de Washington, até a conquista da fama, do sucesso e da adoração de toda uma legião de fãs.
“Mais Pesado Que o Céu” revela os dramas familiares que instigaram a criatividade musical de Cobain, a história da geração que moldou seu caráter e sensibilidade, detalhes do vício pela heroína, os planos suicidas e seu estranho e conturbado caso de amor com Courtney Love. Analisando relatos médicos e policiais, e cartas do próprio músico, Charles Cross também revela fatos novos sobre a saúde de Cobain, sua depressão e seus últimos dias.

.
– Leia e saiba mais no site da Editora Globo. => https://goo.gl/FUb6UY

Livro: “BRock – O rock brasileiro dos anos 80”

Livro - BRock, O rock brasileiro dos anos 80
_____________________________________

Autor: Arthur Dapieve
Editora: Editora 34
Ano de Lançamento: 1995
______________________________________

Sinopse da Editora

O autor foi a fundo no rock brasileiro. Partindo da biografia das principais bandas brasileiras, Arthur Dapieve monta um painel do movimento que mudou a MPB na década de 1980. BRock faz também uma avaliação crítica dos discos e shows mais importantes da época e das perspectivas que a geração de Cazuza e Renato Russo deixou.
______________________________________

Sinopse do Livro na Editora 34. http://goo.gl/6kxllR
Leia a crítica do Livro feita por Alexandre Nagado do Site Omelete. http://goo.gl/me5b6Z

1 2 3 4