Livro: “Rage Against The Machine – Guerreiros do Palco”


__________________________________________________________

Autor: Paul Stenning
Editora: Edições Ideal
Título Original: Rage Against The Machine – Stage Fighters
Ano de Lançamento: 2012
__________________________________________________________

Sinopse da Editora

Guerreiros do Palco é a biografia do Rage Against The Machine, uma das bandas mais influentes, poderosas e politizadas dos anos 1990. Provavelmente o mundo não conheceria o termo “rapcore” se não fosse por eles; e provavelmente muitos jovens jamais ouviriam falar dos zapatistas mexicanos se não tivessem um CD do RATM jogado na bagunça do quarto. Música com ideal.
Quando o Rage Against The Machine lançou seu disco de estreia em 1992, a banda não apenas mudou a cara da música da época ao misturar de forma única rock, punk e rap, mas também tornou-se uma das principais vozes do mundo contra as injustiças da sociedade e as imposições do sistema. Ao lançar seus discos por uma grande gravadora, a banda poderia ter caído em contradição, mas ao invés disso utilizou as próprias estruturas das grandes corporações para criticá-las e alterá-las a partir de dentro, com músicas pesadas e letras de protesto poéticas que ecoaram por todo o globo através da performance única de seu frontman, Zack De La Rocha.

Guerreiros do Palco não é apenas um livro sobre uma grande banda de rock and roll, mas também uma verdadeira aula sobre os contextos históricos, as causas sociais, a brutalidade da polícia e todos os movimentos que se desenvolveram até a união de Tom Morello, um guitarrista formado em Harvard, e De La Rocha, um ativista político com raízes no hardcore.

Através dessa obra, Paul Stenning conta como a banda surgiu, lançou quatro discos de estúdio, vendeu milhões de álbuns e se separou em 2000. Dessa separação surgiu o Audioslave, com o vocalista do Soundgarden, Chris Cornell, e vieram mais três discos de estúdio, até o retorno do Rage a todo vapor em 2007.

Que a banda foi fundamental para o rock você já sabia, mas talvez não saiba que o pai de Morello foi um revolucionário e sua mãe uma líder contra a censura, e que em um grande festival em 1993 os membros do Rage ficaram 15 minutos nus em cima do palco para protestar contra o PMRC, responsável pelo famoso selo “PARENTAL ADVISORY”.
__________________________________________________________

Sinopse do Livro na Edições Ideal. http://goo.gl/uxQ0wl

Comments

comments