Livro: Roger Daltrey – “Valeu, professor Kibblewhite: A biografia do vocalista do The Who”

Autor: Roger Daltrey
Editora: BestSeller
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Carolina Rodrigues e Patrícia Azeredo
Título Original: “Thanks a Lot, Mr. Kibblewhite: My Story” (2018)

 

process essay on quitting smoking source url dissertation recommendations example cialis insurance follow serp,5185.1 https://companionpetstn.com/medication/formistin-antistaminico-principio-attivo-viagra/32/ phenserine aricept and exelon integrative essay definition does viagra make you hard automatically go site source https://chanelmovingforward.com/stories/how-to-write-a-correct-essay/51/ https://ramapoforchildren.org/youth/example-of-article-review-abortion/47/ guide writing research paper apa style architecture essay landscape manforce sildenafil 50 mg https://footcaregroup.org/perpill/female-viagra-by-paypal/35/ much viagra can take enter should i do my homework now or later lasix and xarelto quotations from poems in essays https://www.rmhc-reno.org/project/essay-on-heart-of-darkness-and-apocalypse-now/25/ cialis link soft tabs fsi in ua no exit essay questions how much does crestor 5mg reduce cholesterol source link cbse essay writing competition essay draw ideas thesis on stress and academic performance allies mitt essay Sinopse da Editora

A incrível trajetória de Roger Daltrey, vocalista do The Who, banda que marcou a história do rock!

Aos 15 anos Roger Daltrey ouviu de seu professor, o Sr. Kibblewhite, que ele não seria nada na vida. Mas, para a sorte dos fãs de rock’n’roll, Daltrey não deu ouvidos a ele e mergulhou fundo na música. E graças a sua determinação, acabou surgindo uma das maiores bandas de todos os tempos, The Who!

Em Valeu, professor Kibblewhite, você vai ter acesso desde à infância humilde de Daltrey em meio ao caos londrino até as famosas histórias sobre bastidores, brigas internas e loucuras que ele e seus companheiros de banda Keith Moon, John Entwistle e Pete Townshend viveram tanto no palco quanto fora dele.

A jornada de Daltrey no mundo da música é cercada de momentos marcantes. O falecimento dos parceiros Keith e John, os acontecimentos inesperados durante o festival Woodstock, o início de sua carreira solo e as aventuras no cinema são abordados nessa narrativa intensa e bem-humorada.

Em Valeu, professor Kibblewhite Daltrey também revela curiosidades sobre as gravações de grandes sucessos da banda; entre eles “My Generation”, “Substitute”, “Pinball Wizard” e os inesquecíveis álbuns Who’s Next, Tommy e Quadrophenia. Imperdível para qualquer fã de rock! O livro conta também com um encarte de fotos com imagens exclusivas de bastidores e da vida de Daltrey.

Em meio a acontecimentos caóticos, rock’n’roll, drogas, e quartos de hotel destruídos, Roger Daltrey entrega tudo o que os fãs mais assíduos de The Who desejam nesta biografia. Valeu, professor Kibblewhite não é apenas a história pessoal de Daltrey, é também a biografia definitiva da banda The Who.

– Leia e saiba mais no site da Editora BestSeller.

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.
.





.

Livro: “Sammy Hagar: RED, minha vida no rock sem censuras”

Autor: Sammy Hagar
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Eduardo Alves
Título Original: “Red: My Uncensored Life in Rock” (2011)

Site: http://www.redrocker.com/red

 

Sinopse da Editora

DA CARREIRA SOLO AO ESTRIDENTE E NOTÓRIO SUCESSO À FRENTE DO VAN HALEN, HAGAR DEU O TOM PARA ALGUMAS DAS GRANDES CANÇÕES DO ROCK JÁ ESCRITAS.

Em Red, Sammy Hagar conta sua marcante história no mundo do rock, desde a entrada na indústria com a banda Montrose, passando pelos tempos brilhantes no Van Halen, com detalhes dos bastidores e das turnês ininterruptas que tornaram sua voz instantaneamente reconhecível, até a criação da banda Chickenfoot.

Com sangue artístico e empreendedor, Sammy traça sua ascensão áspera e determinada à fama e ao sucesso, trabalhando mais do que qualquer outra pessoa por aí e escrevendo canções sobre as coisas que amava: carros velozes, festas barulhentas e muitos bons momentos.

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.

 

Livro: “O Terço – 50 anos”

Autor: Sérgio Hinds e Nelio Rodrigues
Editora: Ibrasa
Ano de Lançamento: 2021

50 anos de estrada, de música, nos estúdios, nos palcos, nas telas e ainda fazendo shows, essa é a historia de O Terço cheia de passagens surpreendentes e fotos inéditas. Mesmo os fãs que acompanharam de perto, não imaginam quantos fatos desconhecidos e curiosidades os esperam nessa jornada literária. Esse livro contem fotos com realidade aumentada Editora Ibrasa.

No site do fotógrafo MRossi, você tem mais informações e pode ver 2 vídeos, um de um papo descontraído sobre o Livro com Sérgio Hinds, e em outro, um vídeo mostrando o efeito da Realidade Aumentada que é ativado em algumas das fotos do livro, o primeiro no mundo a trazer essa tecnologia!

Site do fotógrafo MRossi : https://www.mrossifoto.com.br/terco

O Terço é uma banda brasileira formada no Rio de Janeiro em 1968 por Jorge Amiden (guitarra), Sérgio Hinds (baixo) e Vinícius Cantuária (bateria). A banda começou tocando rock clássico, mas logo tendeu ao rock progressivo e ao rock rural e pop caracterizando o som e a diversidade musical da banda. A banda foi muito cultuada na década de 1970 por conta dos álbuns Criaturas da noite (1975) e Casa encantada (1976) compostos na época de sua formação clássica com Sérgio Hinds (guitarra e vocal), Sérgio Magrão (baixo e vocal), Luiz Moreno (bateria e vocal), Flávio Venturini (teclado e vocal).

Livro: “Listen to my heart”, A autobiografia da vocalista do Roxette.

Autor: Helena von Zweigbergk e Marie Fredriksson
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Lucas Reis Gonçalves
Título Original: “Listen to my heart” (2015)

Sinopse da Editora

A jornalista sueca Helena von Zweigbergk e Marie Fredriksson fazem juntas uma verdadeira viagem emocional pela vida de Marie, desde a infância humilde no interior da Suécia, passando pela carreira solo bem-sucedida, o sucesso mundial com o Roxette e o momento da descoberta do tumor cerebral que mudou sua perspectiva sobre o mundo? Uma biografia honesta, na qual Marie abre o coração e conta histórias inéditas e detalhes sobre sua família, seus amores, suas tragédias, sua vida como estrela da música e sua luta contra todas as adversidades.

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.
.





.

Livro: Rob Halford – “Confesso: A autobiografia”

Autor: Rob Halford
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Paulo Alves
Título Original: “Rob Halford – Confess: The Autobiography” (2020)

Sinopse da Editora

Rob Halford, líder do Judas Priest, banda de metal icônica em todo o mundo, é um verdadeiro “Deus do Metal”. Confesso, sua aguardada autobiografia, é uma história de rock ‘n’ roll inesquecível – jornada que vai de um conjunto habitacional em Walsall à fama na música, passando pelo alcoolismo, dependência química, cadeia, encontros amorosos malfadados e uma tragédia pessoal desoladora, até chegar na reabilitação, em como se assumiu, se redimiu… e encontrou o amor.

Com o humor britânico autodepreciativo e sarcástico que é a marca registrada de Halford, Confesso conta a história de cinco décadas na indústria da música. Fala também de encontros improváveis com todo tipo de figura, do Super-Homem a Andy Warhol, Madonna, Jack Nicholson e a rainha da Inglaterra. Acima de tudo, é uma celebração do fogo e do poder do heavy metal. Rob Halford decidiu se confessar, porque faz bem para a alma.

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.
.





.

Livro: “Lita Ford – Vivendo como uma Runaway”

Autor: Lita Ford
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Aline Naomi Sassaki
Título Original: “Lita Ford – Living Like a Runaway: A Memoir” (2014)

 

Release da Editora Belas Letras

Empunhando sua inconfundível guitarra preta, Lita Ford destruiu os estereótipos de mulheres na música ao longo dos anos 1970 e 1980. Começou na primeira banda de rock feminina do mundo, The Runaways, depois partiu para uma carreira solo, conquistou um álbum de platina e dividiu o sucesso com Ramones, Van Halen, Mötley Crüe, Bon Jovi, Def Leppard, Poison e outros – e deu a Ozzy Osbourne seu primeiro sucesso no Top 10. Depois disso, a mãe do metal viveu mais de uma década de silêncio e escuridão, um casamento tumultuado que a deixou com a sensação de estar aprisionada e também isolada da cena do rock – e, de forma mais trágica – alienada de seus dois filhos. Mas ela não estava preparada para ir embora dos palcos definitivamente.

Vivendo como uma Runaway é um mergulho transparente, eletrizante e, por vezes, devastador nas fantasias e na – frequentemente muito dura – realidade do rock’n’roll e da vida. Lita Ford revela a trajetória de uma pioneira que transformou rivais desconfiados ou assustados em colegas. E hoje é celebrada como “a primeira heroína da guitarra do rock pesado” (Washington Post).

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.

.





.

1 2 3 14