Livro: “ROCK and ROLL – Uma história social”

Livro - ROCK and ROLL, Uma História Social
_______________________________________________

Autor: Paul Friedlander
Editora: Record
Título Original: ROCK AND ROLL – A Social History
Ano de Lançamento: 1996
_______________________________________________

Sinopse da Editora

Crônica cobrindo 30 anos de um dos mais importantes fenômenos de massa do século XX – Paul Friedlander mostra como gospel, o country e o blues influenciaram desde Elvis e Marvin Gaye ao The Who.

O autor revisita a cena do rock clássico, alternativo e do punk-rock traçando a história do gênero musical que já atravessou cinco décadas de sucesso ininterrupto. A força social das melodias do Rock and Roll flui das páginas, enquanto Friedlander analisa todo um movimento histórico-social baseado em hits como Johnny B. Goode e Walk on the wild side.

Em sua viagem musical, Friedlander oferece os harmônicos acordes e notas tocadas por Elvis Presley, The Beatles, The Who, Bob Dylan, Rolling Stones, Eric Clapton, entre outros. Além de oferecer uma visão do universo das principais gravadoras, como Motown, e principais tendências das últimas décadas – new wave, rap, soul e folk.

ROCK AND ROLL: UMA HISTÓRIA SOCIAL retrata os diversos estilos musicais como locações de um gigantesco mapa rodoviário. Ao abri-lo, começa uma viagem de vila a vila, cidade para cidade, parando a cada capítulo para exemplificar cada vertente com seus representantes mais expressivos. Repleto de fatos curiosos, histórias, sons e sentimentos de cada locação, o livro esquadrinha como a sociedade reagiu ao se ver colocada entre o coração da bateria e o chiado das guitarras.

Paul Friedlander – professor no Conservatório de Música da Universidade do Pacífico, nos Estados Unidos – mistura dados menos conhecidos, mas não menos interessantes, da trajetória do rock, ao mesmo tempo em que aponta os fatores que moldaram seus diferentes estilos. Além disso, o autor fornece índice remissivo, notas e discografia, numa pesquisa que destaca Robert Palmer no blues, Dick Hebdige no punk e Tricia Rose no rap. A união do entusiasmo de fã com a capacidade técnica de um professor especializado tem por resultado uma obra definitiva para o entendimento de um dos mais importantes movimentos mundiais, já com mais de cinco décadas de existência. Paul Friedlander foi diretor-assistente do Conservatório de Música da Universidade do Pacífico, na Califórnia, e lecionou História da Música Popular no Lane Community College. Professor na Universidade do Oregon de História do Rock, é membro da Associação Internacional para o estudo da Música Popular.

“O rock and roll é veneno posto no som.” Pablo Casals, violoncelista “Eles [os Beatles] estavam fazendo coisas que ninguém fazia.” Bob Dylan, 1964 “Qualquer vento que estivesse soprando na época, levaria os Beatles também.” John Lennon, 1980 “Rock and roll é somente rhythm and blues. É a mesma música que eu tenho tocado por 15 anos em Nova Orleans.” Fats Domino, 1981 “Para mim rock and roll é música folk. Música de rua. Não se aprende na escola. Tem que ser captada.” Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin, 1972 “O melhor rock and roll armazena uma alta dose de energia – uma certa raiva – tanto no estúdio quanto ao vivo. É isso, o rock and roll só é rock and roll se não for seguro.” Mick Jagger, citado na Rolling Stone, 1988 “Você pode teorizar o quanto quiser sobre o rock and roll, mas ele é essencialmente uma coisa não intelectual. É música e só!” Jann Wenner, editor-fundador da revista Rolling Stone.
______________________________________________

Sinopse do Livro na Editora Record. http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=23024

Comments

comments