Livro: “Rock In Rio – A História do Maior Festival de Música do Mundo “

https://i1.wp.com/canaldorock.com.br/wp-content/uploads/2017/10/Livro-Rock-In-Rio-A-História-do-Maior-Festival-de-Música-do-Mundo.jpg?w=860
_____________________________________

Autor: Luiz Felipe Carneiro
Editora: Globo Editora
Ano de Lançamento: 2011
______________________________________

Sinopse da Editora

O festival que pôs o Brasil no mapa-mundi do show biz. Livro desvenda as antológicas histórias que rolaram no palco – e principalmente nos bastidores – das três edições do Rock in Rio realizadas no Brasil.

O verão nunca foi tão quente no Brasil quanto em 1985. De um lado, a temperatura política atingiu seu pico com a vitória de Tancredo Neves na eleição presidencial, marcando o fim de 21 anos de ditadura militar e o início da redemocratização. De outro, a juventude brasileira entrou em ebulição diante do mais grandioso evento musical já produzido no país: o Rock in Rio.

Hoje, o Brasil é destino obrigatório das turnês dos grandes astros internacionais do rock e do pop. Praticamente a cada semana, temos um artista estrangeiro de expressão se apresentando em nossas maiores capitais. Vinte e seis anos atrás, porém, o panorama era bem diferente: em sua maioria, os rockstars só vinham aos trópicos a turismo. Assisti-los ao vivo, no palco, só no exterior.

O Rock in Rio veio para revolucionar essa realidade. Sediado numa megalômana Cidade do Rock, complexo erguido especialmente para a ocasião, o festival não só abriu espaço para a então nascente geração do Rock Brasil – Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Kid Abelha – como também se atreveu a trazer para cá um cast internacional de peso e para todos os gostos: Queen, Yes, Iron Maiden, AC/DC, B–52’s, Scorpion.

A história do Rock in Rio inaugural, de 1985, juntamente com a das edições subsequentes realizadas no Brasil, em 1991 e 2001, é o objeto de estudo investigado com lupa por Luiz Felipe Carneiro em Rock in Rio – A história do maior festival de música do mundo. O autor pesquisou mais de 2 mil artigos e entrevistou os principais organizadores do festival (incluindo Roberto Medina, o “pai” do evento), além de dezenas de artistas e jornalistas, em busca dos mais marcantes e inusitados episódios de cada edição.

O saboroso recheio do livro, ilustrado com mais de 200 fotos, é composto de passagens antológicas testemunhadas dentro e, sobretudo, fora do palco. Como a de Rod Stewart jogando futebol com sua equipe dentro de uma luxuosa suíte de hotel, deixada literalmente em cacos. Ou a da surpreendente generosidade de Axl Rose, o costumeiramente intratável band leader do Guns’n’Roses, compartilhando o jantar com produtores, faxineiros e camareiras da equipe de apoio do festival. Ou, ainda, a da inesquecível Cássia Eller barbarizando num show a ponto de impressionar o ex-Nirvana David Grohl, líder do Foo Fighters.

Recontados na narrativa fluida de Carneiro, esses e muitos outros casos ajudam a entender os contextos em que foram realizados os megaeventos e, de certa forma, resgatam a trajetória de desenvolvimento da própria indústria nacional do show-biz. Para quem foi ao Rock in Rio, o livro aquece a memória. Para quem nunca foi, mas ouviu lendárias histórias a respeito, o livro traz uma compilação das melhores delas.
______________________________________

– Leia e saiba mais no site da Globo Editora. => https://goo.gl/gLBLo3

(Visited 3 times, 1 visits today)

Comments

comments

Deixe uma resposta