Lançado o “box set” com gravações de Bon Scott e a banda progressiva “Fraternity”.

O box set “Fraternity: Seasons of Change – The Complete Recordings 1970-1974” contendo até músicas inéditas escritas e cantadas por Bon Scott foi disponibilizado pela “Cherry Red Records”.

A banda de rock australiana FRATERNITY surfou em diversos estilos musicais do início dos anos 1970, proto-heavy metal, country, soft rock, música progressiva e psicodélica. A banda foi criada em Sydney em 1970 e contou com “Bon Scott” nos vocais de 1971 a 1973, que mais tarde ingressaria no AC/DC e desfrutaria de fama mundial. No entanto, a permanência de “Scott” na FRATERNITY foi mal documentada.

Meio século depois, “Seasons of Change” finalmente procura corrigir esse descuido. Os membros sobreviventes da banda (Bruce Howe, John Freeman, Sam See, John Bisset, Tio John Eyers e o espólio de Mick Jurd), seu empresário original “Hamish Henry” e o promotor musical e historiador “Victor Marshall”, produzem este conjunto de 3 CDs que contempla a obra completa gravada pela FRATERNITY, incluindo seus dois álbuns de estúdio (originalmente lançados pela Sweet Peach e RCA respectivamente), vários singles, faixas ao vivo e até demos de uma sessão em que foram selecionadas músicas para um terceiro álbum da banda “Second Chance”.

.
Fraternity “The Shape I’m In” (Australian tv broadcast 27 April 1971)

Mais detalhes no site da “Cherry Red Records”.

*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***

Discos que Celebram 50 ANOS – A Fantástica Safra de 1971, por Gastão Moreira.

https://servingourchildrendc.org/format/essay-letter-scarlet/28/ https://ramapoforchildren.org/youth/business-plan-of-an-restaurant/47/ https://www.carrollkennelclub.org/phrasing/igcse-english-writing-paper/6/ go free opinion essay see url pit bulls are misunderstood thesis statement watch esl resume ghostwriter website for phd an essay on hobbies count essay words online viagra generyczna 100mg miglustat generic cialis haunted house writing paper with lines anecdote essays anthropology editor website active power filter thesis pdf green energy essay https://www.arohaphilanthropies.org/heal/levitra-mentor-on-the-lake/96/ quick ways to grade essays ucr creative writing minor requirements essay in gujarati on uttarayan autism thesis topics https://westsidechristianfellowship.org/format/essay-writing-general-topics/36/ cialis viagria can avodart and cialis be taken together complete thesis example resume help review good thesis introduction examples shakespeare fool critical essays obsticals essays Neste link, já está disponível a “Lista de álbuns Lançamentos 2021”

Veja também:  Os Melhores álbuns de Rock e Metal dos anos 2000 e anos 2010.

.





.

Nesse primeiro vídeo do ano Gastão Moreira, para o Kazagastão, exalta discos clássicos que foram lançados em 1971, ou seja, celebram 50 ANOS em 2021. A safra de 1971 foi uma das melhores de todos os tempos, senão a melhor! Bandas gigantes lançaram os melhores trabalhos e o rock passou a ser levado a sério como estilo musical. Vários favoritos pessoais do Gastão estão no meio dessa lista.

Acompanhe o KAZAGASTÃO nas redes:

APOIA-SE: https://apoia.se/kazagastao
Instagram: https://www.instagram.com/kazagastao
Facebook: https://www.facebook.com/kazagastao
..
*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***
.





.

AC/DC lança “Realize”, 2º som e clipe do futuro álbum “Power Up”.

Banda: AC/DC
Álbum: Power Up (2020)
Música: Realize

“Realize” é o 2º som e clipe do álbum “Power Up”, o 17º álbum de estúdio da banda australiana, que será lançado dia 13 de novembro de 2020. A formação da banda conta com “Angus Young e Stevie Young” nas guitarras, “Brian Johnson” nos vocais, “Phil Rudd” na bateria e “Cliff Williams” no baixo… A pré-venda do álbum começou dia 07/10 em várias lojas online mundo afora, ou no site da banda.

Spotify: https://open.spotify.com/album/4s6UkDgz073CrsXH931iSQ
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/185436002

Capa do álbum “Power Up

AC/DC

Faixas do Álbum
01. Realize
02. Rejection
03. Shot in the Dark
04. Through the Mists of Time
05. Kick You When You’re Down
06. Witch’s Spell
07. Demon Fire
08. Wild Reputation
09. No Man’s Land
10. Systems Down
11. Money Shot
12. Code Red




Nova Música = “AC/DC – Shot In The Dark”

Banda: AC/DC
Álbum: Power Up (2020)
Música: Shot In The Dark

Shot In The Dark” é o 1º som do álbum “Power Up”, o 17º álbum de estúdio da banda australiana, que será lançado dia 13 de novembro de 2020. A formação da banda conta com “Angus Young e Stevie Young” nas guitarras, “Brian Johnson” nos vocais, “Phil Rudd” na bateria e “Cliff Williams” no baixo… A pré-venda do álbum começa hoje (07/10) em várias lojas online mundo afora, ou no site da banda.

Spotify: https://open.spotify.com/album/1Rz3Q2PIhrCs21itNShUxB
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/177771072

Capa do álbum “Power Up

AC/DC

Faixas do Álbum
01. Realize
02. Rejection
03. Shot in the Dark
04. Through the Mists of Time
05. Kick You When You’re Down
06. Witch’s Spell
07. Demon Fire
08. Wild Reputation
09. No Man’s Land
10. Systems Down
11. Money Shot
12. Code Red




“Exposição John Lennon em Nova York por Bob Gruen” chega ao MIS em março.

(foto: Divulgação / John Lennon por Bob Gruen)

Em março de 2020, o Museu da Imagem e do Som – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – apresenta, pela primeira vez no país, a exposição John Lennon em Nova York por Bob Gruen.

Numa grande comemoração aos 80 anos de nascimento e 40 anos de legado de John Lennon, um dos maiores músicos da história, a exposição exibe imagens do fotógrafo Bob Gruen e revela o dia-a-dia do músico na cidade de Nova York entre os anos de 1971 e 1980. Bob Gruen é um dos maiores fotógrafos da cena rock’n’roll mundial ainda em atividade na contemporaneidade. Por meio de uma curadoria inédita para o Brasil, a mostra trará, além de fotografias nunca exibidas, objetos da época pertencentes ao acervo pessoal de Bob Gruen.

John Lennon em Nova York por Bob Gruen, que abre logo após a megaexposição Musicais no Cinema (em cartaz até 16 de fevereiro), marca o início das comemorações do aniversário de 50 anos do MIS, celebrados em 2020.

SERVIÇO

JOHN LENNON EM NOVA YORK POR BOB GRUEN

Data: De 13 de Março de 2020 a 7 de junho de 2020

Museu da Imagem e do Som – MIS

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo| (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br

Estacionamento conveniado: R$ 18. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

Vendas a partir de 07 de fevereiro de 2020 no site: https://www.sympla.com.br/

 

Sobre Bob Bruen

Bob Gruen é um dos fotógrafos mais conhecidos e respeitados do rock and roll. De John Lennon a Johnny Rotten; de Muddy Waters aos Rolling Stones; de Elvis a Madonna; de Bob Dylan a Bob Marley; de Tina Turner a Debbie Harry, ele capturou a cena musical durante mais de quarenta anos em fotografias que se tornaram reconhecidas mundialmente. Pouco tempo após John Lennon se mudar para Nova York em 1971, Bob se tornou fotógrafo e amigo pessoal de John e Yoko, fazendo fotos de sua vida profissional e de momentos em família. Em 1974, ele criou as imagens icônicas de John Lennon vestindo uma camiseta da cidade de Nova York, e de pé, em frente à Estátua da Liberdade, fazendo o sinal de paz – duas das imagens mais populares de Lennon. Como fotógrafo-chefe da Rock Scene Magazine nos anos 1970, Bob se especializou em cenas autênticas dos bastidores. Ele viajou em longas turnês com as bandas de punk e new wave que acabavam de surgir, entre elas New York Dolls, Sex Pistols, Clash, Ramones, Patti Smith Group e Blondie. Bob também trabalhou com grandes nomes do rock, como Led Zeppelin, The Who, David Bowie, Tina Turner, Elton John, Aerosmith, Kiss e Alice Cooper.

Bob foi agraciado, em junho de 2004, com o prestigiado HonoursListAward for Classic Image, da MOJO Magazine, em Londres e, em novembro de 2010, entrou para o LongIsland Music Hall ofFame. Por sua atuação beneficente, Bob recebeu o primeiro John Lennon Real Love Award, em dezembro de 2014, no 32º Annual John Lennon Tribute Concert. Em 2013, a exposição John Lennon foi inaugurada em Buenos Aires, na Argentina, e atraiu mais de 500.000 visitantes em três semanas, batendo o recorde de público para uma exposição no país. Mais recentemente, Bob também fotografou a turnê europeia do Green Day, Yoko Ono/Plastic Ono Band, Iggy Pop, Ozzy Osbourne, AC/DC, Jesse Malin, Ryan Adams, Courtney Love, The Strypes, entre outros artistas emergentes e populares.

 

(fonte: http://www.cultura.sp.gov.br/ – Governo do Estado de São Paulo)

Banda americana “Circa Survive” chega ao Rio com sua nova turnê no Teatro Odisséia.

Banda Circa Survive Divulgação
(Foto: Banda Circa Survive – Divulgação)

Após um show em 2015 com ingressos esgotados, um dos maiores nomes do post-hardcore da atualidade volta ao Brasil. A banda americana Circa Survive retorna ao Rio com a turnê do disco “The Amulet”, lançado no ano passado. O show acontecerá no dia 13/09 no Teatro Odisseia, a partir das 19h. Os ingressos já se encontram no quarto lote, disponível para compra online.

“The Amulet” mostra um Circa Survive continuando a ir além de seu som não convencional, provando porque ainda são uma das bandas alternativas mais empolgantes. Liricamente, o disco é alimentado por uma combinação inseparável do pessoal e político, guiado pela voz inconfundível de Anthony Green. Além dele, a banda é formada por Colin Frangicetto, Brendan Ekstrom, Nick Beard e Steve Clifford.

Desde o lançamento de sua estreia em 2005, até hoje, o Circa Survive construiu uma carreira transformando todas as coisas que os tornam difíceis de classificar em suas maiores forças. A palavra “progressivo” é freqüentemente usada para descrever seu som. Depois de 13 anos como uma banda, o grupo conhece bem a ideia de ultrapassar limites sônicos e líricos, mas “The Amulet” ainda mostra uma banda mergulhando mais fundo, se esforçando para criar sons novos e abordando ideias que vão do universal para o mais pessoal.

Em “The Amulet”, o Circa Survive continua esse legado, porém filtrado através da lente única de suas raízes punk e alternativas. Com base no poder bruto do punk e do pós-hardcore, da seriedade do alternativo emocional e da experimentação irrestrita do art rock, a banda cria um som que pode ser comparado a muito poucos, mas que atrai a muitos. A mistura de guitarras intrincadas, baixo potente e uma bateria interligada cria uma base dinâmica para a voz de Green. No entanto, a magia da banda não é apenas habilidade técnica, e sim a capacidade para misturar esse tecnicismo com inegável conhecimento de melodia e ganchos.

O show no Rio de Janeiro é uma produção da MGB Entertainment, responsável por shows de nomes como Thrice e Red Fang na cidade. O evento acontece na casa da música alternativa na Lapa, o Teatro Odisseia. Com programação que abrange vários estilos, o local conta com capacidade para 600 pessoas. O espaço possui dois andares e duas pistas simultâneas, além de um mezanino. O Odisseia fica na Avenida Mem de Sá, nº 66.

Além do show no Rio de Janeiro, a turnê do disco “The Amulet”, tem confirmado mais quatro shows no Brasil: Em Porto Alegre dia 09 de setembro (Bar Ocidente), Belo Horizonte dia 14 de setembro (Autêntica), São Paulo dia 15 de setembro (Fabrique Club) e Curitiba dia 16 de setembro (Basement Cultural). Mais informações no link da Pixelticket. https://pixelticket.com.br/eventos/grupo/1990/circa-survive-tour-brasil

 

Circa-Survive-show-Rio-de-Janeiro

Serviço:
Circa Survive
Data: 13/09/2018 (quinta-feira)
Horário: 18h (Abertura da Casa) / 19h (Início do show)
Local: Teatro Odisséia
Endereço: Av. Mem de Sá, 66 – Lapa – Rio de Janeiro/RJ
Compra antecipada: https://pixelticket.com.br/eventos/1992/circa-survive-no-rio-de-janeiro
Classificação etária: 16 Anos
Preço:
1º lote – R$60 (Meia entrada / Estudante / Promocional*) – ESGOTADO
2º lote – R$80 (Meia entrada / Estudante / Promocional*) – ESGOTADO
3º lote – R$100 (Meia entrada / Estudante / Promocional*) – ESGOTADO
4º lote – R$120 (Meia entrada / Estudante / Promocional*)
*(Promocional para não estudantes doando 1 kilo de alimento não perecível)

______________________________________________________________
Fonte: Nathália Pandeló Corrêa, Assessoria de Imprensa
*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***

1 2