Radical Karma lança EP de estreia, “Entre o Fim e o Começo”.

(Foto: Banda Radical Karma / Instagram / Divulgação)

Radical Karma tem em sua formação membros com larga experiência sobretudo no cenário punk rock/hardcore, mas que nele se aprofundam em outro universo, ainda que as raízes estejam fincadas, inevitavelmente, no underground. Após o lançamento de dois singles, com excelente repercussão, o quarteto enfim lança o EP “Entre O Fim E O Começo”.

Álbum: Entre O Fim E O Começo (EP)
Lançamento: 22/03/2019

Tracklist

01 – Ainda Bem Que Decidiu Ficar
02 – Âmbar Báltico
03 – Referente Ausente
04 – Sinto Muito Que Não Sinta Nada no Fim

Clique aqui, e ouça o EP na sua plataforma de streaming favorita.

Gabriel Zander [voz], Fausto Oi [baixo], Mateus Brandão [guitarra] e Fernando Martins [bateria] se encontraram entre janeiro e dezembro de 2018 e sorrateiramente para ensaios no Estúdio Porto, e sem fazer alarde gravaram um EP com quatro faixas.

A produção é assinada por Philippe Fargnolli [CPM22, Reffer, ex-Dead Fish] e todo o processo foi feito no Estúdio Costella, na capital paulista onde o grupo reside.

Assim como o recorte de um diário, o EP “Entre O Fim E O Começo”, lançado pela Flecha Discos, é repleto de sentimentos que são exteriorizados por meio de causas e efeitos, embalados com um toque melancólico natural e uma melodia espontânea.

A abertura com “Ainda Bem Que Decidiu Ficar”, tem clima pungente, a tensão da letra [e narrativa intensa e envolvente] é refletida na solidez da base e dos riffs.

As canções parecem extensões de experiências vividas e que de alguma forma se conectam e formam um momento de superação – de extremos, do [quase] decesso à celebração a vida.

“Ambar Báltico” é terapêutica, ela aquece e acalma. A princípio emana angústia, desejo por proteção, mas que ao poucos se transforma em um grito de libertação, do anseio à exteriorização: “e doa a quem doer, não deixe de viver; e doa a quem doer seja sempre você”. Já existem planos para a produção de um clipe que ficará a cargo dos irmãos Luca e Davide Bori, da banda soteropolitana Vivendo do Ócio.

O rock alternativo, aquele à margem entre o indie e o mainstream de nomes como Smashing Pumpkins, Pixies e Seaweed, paira entre as referências. Não há uma cartilha a ser seguida, mas alguns dos ensinamentos marcam presença nas entrelinhas.

Assertivas defendidas pela escritora americana Carol J. Adams, autora de “A Política Sexual da Carne” – onde ela denuncia a cultura dominante viril-carnista e toda a opressão arraigada – reverberam em “Referente Ausente”. Na contramão da seriedade do tema, leveza e calmaria na harmonia, um ode pacifista-ativista tal qual a simplicidade de valores do indiano Mahatma Gandhi.

Toda a identidade visual do RK ficou nas mãos da designer e ilustradora Camila Rosa, de Joinville [SC]. Ela vem despontando com sua arte de resistência, onde não poupa cores e mensagens de empoderamento feminino.

Sonoramente a banda traz energia acumulada ao longo de décadas de estrada e o desejo de produzir material de qualidade, “Sinto Muito Que Não Sinta Nada” reflete isso e encerra o EP com a rispidez de quem se encontra em estado de aflição diante da apatia de outrem.

Da bagagem anterior, o Radical Karma carrega a vivência do it yourself e a vontade de tocar em todos os cantos possíveis, de clubes pequenos a grandes festivais espalhados pelo Brasil. O material, que futuramente se juntará a um outro EP e formará um disco cheio, já está disponível nas plataformas digitais. Este é só o começo!

Conheça mais sobre a banda “Radical Karma” nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/oradicalkarma
Instagram: https://www.instagram.com/oradicalkarma/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC66IHoNPdx2aTxwvGL1V_pg

(Fonte: Erick Tedesco, assessoria de imprensa)
*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***

Banda Malta lança “IV” seu novo álbum de estúdio.

(Foto: Banda Malta por Rodolfo Magalhães)

A banda Malta ressurge em 2019 com seu novo álbum de estúdio, intitulado “IV”. Não por acaso o novo trabalho da banda paulistana tem esse nome, pois ele é de fato o quarto disco de estúdio de um dos maiores nomes do Rock nacional da atualidade. O título simples e direto é uma maneira de mostrar a força do grupo em todos estes anos.

O novo álbum da Malta é um marco na carreira da banda e revelará novos hits para os fãs como as emblemáticas “Viver Por Você”, “Não Há Nada Melhor” e “Manipulação”. Os fãs irão ficar surpresos com o nível alcançado pelos músicos nestes novo trabalho, principalmente em músicas pesadas como “Amor e Ódio”, “Pátria Amada” e épicos repletos de emoção como “Ainda Estou Aqui” e “É Só Você”.

Formado por Adriano Daga (bateria), Luana Camarah (vocal), Thor Moraes (guitarra) e Diego Lopes (baixo), a banda Malta está colhendo os frutos do trabalho conquistado com muita energia, qualidade e paixão pela boa música. Este amor pela música pode ser sentido nas 11 faixas inéditas do novo álbum “IV”.

Produzido, mixado e masterizado por Adriano Daga nos estúdios Daga Music House e coproduzido por Thor Moraes no Do Martelo Studio, em São Paulo, o álbum “IV” teve seu projeto gráfico e direção de arte idealizado por Diego Lopes, mostrando que a Malta é auto suficiente em termos de produção. O disco contou com algumas participações especiais como do ex-guitarrista do Guns N’ Roses Ron “Bumblefoot” Thal, do grande percussionista Carlinhos Brown (jurado The Voice Brasil), do renomado ator Rodrigo Lombardi (locução em Pátria amada), Amon Lima (violino em Manipulação), do tecladista Junior Carelli (Noturnall e Anie), entre outros.

“Este novo álbum “IV” é bastante especial em nossas carreiras, em muitos sentidos. É o primeiro trabalho com nosso empresário Paulo Baron (Top Link Music), que nos trouxe aquela paixão de garoto novamente, colocando a banda nos eixos com um som mais pesado, é claro, sem perder a nossa identidade”, disse o baixista Diego Lopes.

“Escutamos nossa discografia e pensamos no que poderíamos evoluir como banda e músicos. Tentamos algo diferente neste novo trabalho e acho que conseguimos um equilíbrio entre o peso do Rock que somos fãs com as melodias e letras repletas de emoção, transformando o som em grandes hinos”, completou o baixista.

Álbum: IV
Lançamento: 15/02/2019

Tracklist

01 – Não Há Nada Melhor
02 – Ela Sempre Sabe
03 – Viver Por Você (I Live My Life For You)
04 – Ainda Estou Aqui
05 – Amor e Ódio
06 – Só Você (Let it Hurt)
07 – Amor Proibido
08 – Bater de Frente
09 – Manipulação
10 – Pátria Amada

Ouça o álbum na sua plataforma de Streaming preferida. 

Veja o clip da música “Manipulação”.

Malta nas redes sociais:
http://www.maltaoficial.com.br
https://www.facebook.com/maltaoficial
https://www.instagram.com/maltaoficial
https://www.youtube.com/bandamaltaoficial
https://twitter.com/malta_oficial

(Fonte: Simone Catto Joia, assessoria de imprensa)
——————————————-
*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***

Nova Música = “Radical Karma – Âmbar Báltico”

Artista: Radical Karma
Álbum: Âmbar Báltico (Single 2019)
Música: Âmbar Báltico

Veja também: Radical Karma: Nova banda alternativa reúne nomes conhecidos da cena nacional.

Intimista e melódica, ‘Âmbar Báltico’ é o segundo single da Radical Karma, que estreia nas plataformas de streaming nesta sexta-feira (15/2) e se junta à ‘Ainda bem que decidiu ficar’, a música que estreou com a banda no início de fevereiro.

Com uma pegada que remete tanto ao indie do fenômeno inglês Basement como a pegada crua de nomes mais clássicos, vide Nirvana e Pixies, ‘Âmbar Báltico’ mostra a amplitude sonora de Gabriel Zander (Zander, voz), Fausto Oi (Direction, baixo), Mateus Brandão (Chuva Negra, guitarra) e Fernando Martins (Horace Green, bateria), que buscam novos caminhos, à parte da zona de conforto do punk/hardcore onde há anos trafegam com segurança.

‘Âmbar Báltico’ fala de descobertas, mas, ao mesmo tempo, de inseguranças. Dentro do contexto lírico do álbum, a canção reflete sobre a percepção da vida e dos desafios pela frente.

O single foi produzido por Philippe Fargnoli (CPM22, Reffer, ex-Dead Fish) e é parte do EP Entre o Fim e o Começo, de quatro faixas, que será lançado muito em breve nas plataformas de streaming. Ainda esse ano, o Radical Karma planeja outro EP e um disco completo, já certo que sairá pela Flecha Discos, selo do guitarrista/vocalista do menores atos, Cyro Sampaio.

(Fonte: Erick Tedesco, assessoria de imprensa)
——————————————-
*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***

Radical Karma: Nova banda alternativa reúne nomes conhecidos da cena nacional.

(Foto: Radical Karma / Divulgação)

Quatro músicos de bandas com prestígio entre o público do punk e hardcore nacional uniram forças e experiências e dão vida ao Radical KarmaGabriel Zander (Zander, voz), Fausto Oi (Direction, ex-Dance of Days, baixo), Mateus Brandão (Chuva Negra, guitarra) e Fernando Martins (Horace Green, ex-Dance of Days, bateria) se debruçaram sob o projeto de janeiro a dezembro do ano passado, que enfim vem à público neste início de fevereiro com o single ‘Ainda Bem Que Decidiu Ficar’.

A música está disponível nas principais plataformas de streaming. Ouça aqui: https://ONErpm.lnk.to/RadicalKarma.

Diferente das experiências anteriores, voltadas ao punk rock/hardcore, o RadicalKarma tem como base o rock alternativo à margem entre o indie e o mainstream. Toda a identidade visual do grupo ficou nas mãos da ilustradora Camila Rosa.

O single foi produzido por Philippe Fargnoli (CPM22, Reffer, ex-Dead Fish) e é parte do EP ‘Entre o Fim e o Começo’, de quatro faixas, que se juntará ainda a um outro EP e, juntos, formarão um disco cheio a ser lançado pela Flecha Discos.**

A banda também estreia nas redes sociais, onde em breve anunciará os primeiros shows e outras novidades. Siga o Radical Karma no instagram@oradicalkarma.

 

Veja o lyric video da música “Ainda bem que decidiu ficar”.

(Fonte: Erick Tedesco, assessoria de imprensa)
——————————————-
*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***