Livro: “Paul McCartney, A Biografia”

Nesta biografia essencial, você encontrará tudo o que sempre quis saber sobre Paul McCartney mas não tinha certeza se era mito ou fato.

Autor: Philip Norman
Editora: Companhia das Letras
Ano de Lançamento: 2017
Título Original: Paul McCartney, The Biography (2016)

cheap viagra in the uk best custom essay writing service postmedia editorial services follow url tips for creative writing go bhrashtachar essay in marathi language research papers software quality assurance levitra lutsen publishing a dissertation https://elkhartcivictheatre.org/proposal/request-letter-for-employment-reference/3/ cialis 5 mg e mal di testa https://servingourchildrendc.org/format/essay-on-eating-healthy-and-exercising/28/ source site go site https://campuschildcare-old.wm.edu/thinking/essay-about-voters-education/10/ essay writing for kids book see custom essay services legal difference between crestor and atorvastatin technology controls our lives essay how to write a great narrative essay psychology internship application essay https://wolverinecrossing.com/how/essay-example-process/35/ araroba herbal viagra https://www.pugetsoundnavymuseum.org/paraphrasing/the-sapir-whorf-thesis/24/ comprar neovisc click here the atomic bombing of hiroshima essay prednisone causing pvd https://atc.bentley.edu/admission/obesity-in-scotland-essay/12/ https://mnscha.org/advised/eating-watermelon-is-like-viagra/38/ Sinopse da Editora

Sim, Paul McCartney fumou maconha diariamente até depois dos sessenta anos de idade (e parou para não dar mau exemplo à filha pequena, Beatrice). Sim, Paul McCartney e Yoko Ono ainda hoje não se bicam. Sim, ele é considerado mão de vaca até pelos amigos íntimos. Sim, ele é um compositor erudito respeitado por seus pares. E não, ele não está morto. Muito pelo contrário.

No final dos anos 1950, quatro adolescentes de Liverpool se reuniram para mudar para sempre a história da música e o próprio mundo como até então era conhecido. A beatlemania andou de mãos dadas com a revolução cultural dos anos 1960 e, como líder inconteste dos Fab Four (a despeito da opinião dos adoradores de John Lennon), Paul McCartney foi um de seus protagonistas. Mas o autor de “Hey Jude” e tantos sucessos imortais não é apenas o ex-líder do Beatles. Quase cinquenta anos depois do fim da banda, ele continua vivíssimo, no topo das paradas e elogiado pela crítica.

Aclamada no Reino Unidos e nos EUA, esta biografia é a mais precisa e abrangente já publicada sobre Paul McCartney. Especialista em rock e profundo conhecedor da história dos Beatles, Philip Norman rastreia todos os passos do biografado com o precioso auxílio de entrevistas com membros de seu círculo pessoal. As versões de ex-namoradas, colegas, amigos, familiares e desafetos ajudam o autor de John Lennon: a vida a compor um retrato equilibrado do baixista canhoto que, um dia na vida, saiu de Liverpool com seu instrumento em formato de violino para transformar o rock numa grande arte.

 

– Leia e saiba mais no site da Companhia das Letras.

(Visited 107 times, 1 visits today)