Livro: “Listen to my heart”, A autobiografia da vocalista do Roxette.

Autor: Helena von Zweigbergk e Marie Fredriksson
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Lucas Reis Gonçalves
Título Original: “Listen to my heart” (2015)

follow url cytomel and synthroid taken together go texas common apps essay globalisation in australia essay cialis all day example opinion essay https://thejeffreyfoundation.org/newsletter/curriculum-vitae-dissertation/17/ essay questions for the prince and the pauper https://kirstieennisfoundation.com/dysfunction/pictures-of-fake-viagra/35/ guidelines for writing scientific papers ethical considerations- research thesis on writing well pdf download viagra alternative malaysia keynesian absolute income hypothesis 12 angry men juror #9 essay click here faith essay titles how long cialis to work resume for collections clerk watch esl teaching research paper go to link https://carlgans.org/report/past-present-future-tattoos/7/ speech essay server thesis psychology pdf crestor patent expiration cialis come e quando prenderlo paper chromatography lab report https://georgehahn.com/playboy/kann-man-viagra-im-internet-kaufen/15/ https://davidlankes.org/transition/john-locke-the-essay/16/ assignment writing techniques Sinopse da Editora

A jornalista sueca Helena von Zweigbergk e Marie Fredriksson fazem juntas uma verdadeira viagem emocional pela vida de Marie, desde a infância humilde no interior da Suécia, passando pela carreira solo bem-sucedida, o sucesso mundial com o Roxette e o momento da descoberta do tumor cerebral que mudou sua perspectiva sobre o mundo? Uma biografia honesta, na qual Marie abre o coração e conta histórias inéditas e detalhes sobre sua família, seus amores, suas tragédias, sua vida como estrela da música e sua luta contra todas as adversidades.

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.
.





.

Livro: Rob Halford – “Confesso: A autobiografia”

Autor: Rob Halford
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Paulo Alves
Título Original: “Rob Halford – Confess: The Autobiography” (2020)

Sinopse da Editora

Rob Halford, líder do Judas Priest, banda de metal icônica em todo o mundo, é um verdadeiro “Deus do Metal”. Confesso, sua aguardada autobiografia, é uma história de rock ‘n’ roll inesquecível – jornada que vai de um conjunto habitacional em Walsall à fama na música, passando pelo alcoolismo, dependência química, cadeia, encontros amorosos malfadados e uma tragédia pessoal desoladora, até chegar na reabilitação, em como se assumiu, se redimiu… e encontrou o amor.

Com o humor britânico autodepreciativo e sarcástico que é a marca registrada de Halford, Confesso conta a história de cinco décadas na indústria da música. Fala também de encontros improváveis com todo tipo de figura, do Super-Homem a Andy Warhol, Madonna, Jack Nicholson e a rainha da Inglaterra. Acima de tudo, é uma celebração do fogo e do poder do heavy metal. Rob Halford decidiu se confessar, porque faz bem para a alma.

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.
.





.

Livro: “Lita Ford – Vivendo como uma Runaway”

Autor: Lita Ford
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Aline Naomi Sassaki
Título Original: “Lita Ford – Living Like a Runaway: A Memoir” (2014)

 

Release da Editora Belas Letras

Empunhando sua inconfundível guitarra preta, Lita Ford destruiu os estereótipos de mulheres na música ao longo dos anos 1970 e 1980. Começou na primeira banda de rock feminina do mundo, The Runaways, depois partiu para uma carreira solo, conquistou um álbum de platina e dividiu o sucesso com Ramones, Van Halen, Mötley Crüe, Bon Jovi, Def Leppard, Poison e outros – e deu a Ozzy Osbourne seu primeiro sucesso no Top 10. Depois disso, a mãe do metal viveu mais de uma década de silêncio e escuridão, um casamento tumultuado que a deixou com a sensação de estar aprisionada e também isolada da cena do rock – e, de forma mais trágica – alienada de seus dois filhos. Mas ela não estava preparada para ir embora dos palcos definitivamente.

Vivendo como uma Runaway é um mergulho transparente, eletrizante e, por vezes, devastador nas fantasias e na – frequentemente muito dura – realidade do rock’n’roll e da vida. Lita Ford revela a trajetória de uma pioneira que transformou rivais desconfiados ou assustados em colegas. E hoje é celebrada como “a primeira heroína da guitarra do rock pesado” (Washington Post).

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.

.





.

Livro: “Jim Morrison: Ninguém sai vivo daqui”

Autores: Danny Sugerman e Jerry Hopkins
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2021
Tradução: Renato Rezende
Título Original: “No One Here Gets Out Alive” (1980)

 

Sinopse da Editora

O fundador do The Doors protagonizou uma das histórias mais emblemáticas do rock, uma tragédia moderna que o elevou à condição de lenda. Carismático, brilhante, genial e genioso, Jim rejeitou todas as formas de autoridade e, como um explorador obcecado, testou “os limites da realidade para ver o que aconteceria”. Escrito por um dos confidentes e assessores dos Doors, que conseguiu um emprego no escritório da banda aos 13 anos, para responder carta de fãs, e compartilhou da intimidade de Jim Morrison como poucos – a ponto de o próprio Jim tê-lo incentivado a escrever sobre música – Ninguém sai vivo daqui tornou-se o livro mais cultuado de todos os tempos sobre o The Doors, com mais de 2 milhões de exemplares vendidos. “A biografia mais importante do The Doors, que serviu de inspiração para o aclamado filme de Oliver Stone de 1991” (Rolling Stone).

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.

 

O livro já foi lançado no Brasil em 2013 pela “Editora Novo Século”, e tinha como título: “Ninguém Sai Vivo Daqui – Biografia Jim Morrison”.

Sinopse do lançamento de 2013 pela Editora Novo Século.

Conheça a vida, a arte e os segredos de Jim Morrison, protagonista de uma das mais impressionantes tragédias modernas. A biografia Ninguém sai vivo daqui é o resultado de sete anos de escrita, e mostra em toda sua complexidade o cantor, filósofo, poeta, delinquente e fundador do The Doors. Escrito por Jerry Hopkins, autor de Elvis: the biography, e Danny Sugerman, confidente e assessor dos Doors, o livro tornou-se best-seller do The New York Times, com mais de 2 milhões de exemplares vendidos e serviu como principal fonte do filme de Oliver Stone, The Doors .

– Clique aqui, e leia um trecho do livro, dessa edição de 2013.

Livro: “Janis Joplin – Sua Vida, Sua Musica”

Autor: Holly George-Warren
Editora: Seoman
Ano de Lançamento: 2020
Tradução: Martha Argel e Humberto Moura Neto
Título Original: “Janis: Her Life and Music” (2019)




Sinopse da Editora

Escrito por Holly George-Warren, uma das mais respeitadas cronistas da história da música norte-americana, e baseado em um acesso sem precedentes a familiares da cantora, amigos, colegas de banda, arquivos, diários, cartas e entrevistas há muito perdidas, Janis Joplin – Sua Vida, Sua Música é um retrato completo, complexo e gratificante de uma das artistas mais notáveis de todos os tempos, que enfim recebe seu merecido reconhecimento e importância como uma das cantoras mais influentes da história do rock. Por meio de um estilo radiante e intimista, esta biografia consolida a ‘Rainha do Rock & Roll’ como pioneira musical, alguém que, de fato, rompeu regras; uma mulher rebelde, de personalidade inteligente e complexa, que desafiou todas as convenções de gênero em sua época, abrindo caminho para as mulheres poderem extravasar suas dores e revolta no cenário artístico.

– Clique aqui, e baixe um trecho do livro.

Sobre o Autor

Holly George-Warren foi indicada duas vezes ao Grammy e é autora premiada de 16 livros, entre eles duas biografias: A Man Called Destruction: The Life and Music of Alex Chilton e Public Cowboy #1: The Life and Times of Gene Autry, além do best-seller do New York Times: A Estrada para Woodstock (com Michael Lang). Ela já escreveu para diversas publicações, incluindo The New York Times, Rolling Stone e Entertainment Weekly, tendo atuado também como consultora em documentários como Muscle Shoals, Nashville 2.0 e Hitmakers. Holly faz parte da comissão de indicação do Rock e Roll Hall of Fame e leciona na Universidade Estadual de Nova York, em New Paltz. Mora no interior do estado de Nova York com o marido e o filho.

– Leia e saiba mais no site da Editora Seoman.

– Leia a matéria sobre o livro no site da Folha de São Paulo.

 

*** Canal do Rock, por Marcelo Vasconcelos. ***
.




Livro: “Whitesnake: A Fantástica Jornada de David Coverdale”

Autor: Martin Popoff
Editora: Estética Torta
Ano de Lançamento: 2020
Título Original: “Sail Away: Whitesnake’s Fantastic Voyage” (2015)

Sinopse da Editora

Em busca de fama, fortuna e grandes produções, o jovem David Coverdale deixou o frio do Reino Unido rumo à ensolarada costa oeste dos Estados Unidos. Lá, a música do jovem músico explodiu. Seu álbum de 1987, “Whitesnake”, recebeu nada menos que oito certificações de platina, explodindo nas rádios e conquistando a cultura pop americana.

Escrita por Martin Popoff, um dos mais importantes jornalista e biógrafos de rock do mundo, WHITESNAKE: A FANTÁSTICA JORNADA DE DAVID COVERDALE é a primeira e única biografia completa já escrita sobre a lenda do rock, David Coverdale, de suas raízes no Deep Purple às duas encarnações distintas de sua criação mega popular, o Whitenake.

Trazendo entrevistas com os principais músicos que já passaram pela banda, incluindo, claro, o próprio Coverdale, Martin Poppof conseguiu percorrer toda a montanha-russa da história do Whitesnake, com suas contratações, demissões, divisões e reuniões, elaborando um quadro completo, afetuoso e realista de um dos gigantes do rock mundial.

Seja você um aficionado pela história do rock, do Deep Purple e suas ramificações, ou apenas uma pessoa que já se pegou assobiando ou cantarolando músicas como “Here I Go Again”, “Is This Love?”, “Fool For Your Loving” e “Still Of The Night”, você vai se entreter bastante com esta leitura, além de um livro essencial para sua estante.

Sobre o autor: chamado de “máquina de escrever do rock/metal”, Martin Popoff é autor de dezenas livros já lançados no Brasil, incluindo: Black Sabbath: Destruição Desencadeada, 2 Minutes To Midnight: Atlas Ilustrado Do Iron Maiden e Where Eagles Dare: Iron Maiden: Iron Maiden nos anos 80.

– Leia e saiba mais no site da Editora Estética Torta.

1 2 3 13