Livro: “Whitesnake: A Fantástica Jornada de David Coverdale”

Autor: Martin Popoff
Editora: Estética Torta
Ano de Lançamento: 2020
Título Original: “Sail Away: Whitesnake’s Fantastic Voyage” (2015)

go site com employer hotjobs resume https://eventorum.puc.edu/usarx/cialis-pharmacy-cost/82/ ventolin capsule follow url go here ucd creative writing program analogy essay ideas follow url here sample compare and contrast research paper mezclar viagra y priligy https://www.carrollkennelclub.org/phrasing/manhattan-project-research-paper-outline/6/ enter 8 math homework helper enter https://thembl.org/masters/why-i-became-a-nurse-essay/60/ thesis placement vacancies https://norfolkspca.com/medservice/cialis-torino/14/ viagra cost at pharmacy employment interview essay go watch https://elkhartcivictheatre.org/proposal/john-lennon-imagine-essay/3/ essayer des lunettes en ligne levitra 4 l notice utilisation viagra ordering cialis online from canada https://greenechamber.org/blog/thesis-on-interpretation-at-the-nps/74/ free essays erving goffman how much is crestor with express scripts melphalan prednisone Sinopse da Editora

Em busca de fama, fortuna e grandes produções, o jovem David Coverdale deixou o frio do Reino Unido rumo à ensolarada costa oeste dos Estados Unidos. Lá, a música do jovem músico explodiu. Seu álbum de 1987, “Whitesnake”, recebeu nada menos que oito certificações de platina, explodindo nas rádios e conquistando a cultura pop americana.

Escrita por Martin Popoff, um dos mais importantes jornalista e biógrafos de rock do mundo, WHITESNAKE: A FANTÁSTICA JORNADA DE DAVID COVERDALE é a primeira e única biografia completa já escrita sobre a lenda do rock, David Coverdale, de suas raízes no Deep Purple às duas encarnações distintas de sua criação mega popular, o Whitenake.

Trazendo entrevistas com os principais músicos que já passaram pela banda, incluindo, claro, o próprio Coverdale, Martin Poppof conseguiu percorrer toda a montanha-russa da história do Whitesnake, com suas contratações, demissões, divisões e reuniões, elaborando um quadro completo, afetuoso e realista de um dos gigantes do rock mundial.

Seja você um aficionado pela história do rock, do Deep Purple e suas ramificações, ou apenas uma pessoa que já se pegou assobiando ou cantarolando músicas como “Here I Go Again”, “Is This Love?”, “Fool For Your Loving” e “Still Of The Night”, você vai se entreter bastante com esta leitura, além de um livro essencial para sua estante.

Sobre o autor: chamado de “máquina de escrever do rock/metal”, Martin Popoff é autor de dezenas livros já lançados no Brasil, incluindo: Black Sabbath: Destruição Desencadeada, 2 Minutes To Midnight: Atlas Ilustrado Do Iron Maiden e Where Eagles Dare: Iron Maiden: Iron Maiden nos anos 80.

– Leia e saiba mais no site da Editora Estética Torta.

Livro: “Acid For The Children, a Autobiografia de Flea”

Autor: Flea
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2020
Tradução: Paulo Alves
Título Original: “Acid for the Children” (2018)

Sinopse da Editora

O aguardado (e badalado) livro de memórias do icônico baixista do Red Hot Chili Peppers chega ao Brasil pela Belas Letras. Em Acid for The Children, Flea conta a fascinante história de suas origens, dos altos vertiginosos aos baixos na sarjeta que você gostaria de ouvir de um rato de rua que se transformou num rock star mundialmente famoso. Por meio de anedotas hilárias, meditações poéticas e voos fantásticos ocasionais, Flea relata com habilidade as experiências que o forjaram como jovem artista e músico.

Sua prosa onírica e influenciada pelo jazz faz a Los Angeles dos anos 1970 e 80 ganhar vida. Foi lá que o jovem Flea, buscando fugir de um lar turbulento, encontrou uma família na comunidade de músicos, artistas e junkies que também viviam à margem. Passava a maior parte do tempo em festas e cometendo pequenos delitos, mas foi na música onde encontrou um lugar para canalizar a frustração, a solidão e o amor. Isso o deixou aberto ao momento crucial em que ele e seus melhores amigos, irmãos de alma e comparsas tiveram a ideia de começar sua própria banda, que se tornou o Red Hot Chili Peppers.

Acid For The Children é a estreia de uma voz literária estupenda, cuja prosa é tão espirituosa, divertida e imprevisível quanto o próprio autor. É uma história de formação sensivelmente nostálgica e uma carta de amor escancarada ao poder da música e da criatividade, de um dos artistas mais renomados do nosso tempo.

 

Flea é um músico americano nascido na Austrália. De vez em quando, ele também é ator. É mais conhecido como baixista e membro-fundador da banda Red Hot Chili Peppers, além de cofundador do Silverlake Conservatory of Music.

 

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

Livro: “Ronnie James Dio: A História de um ícone do Heavy Metal”

Autor: James Curl
Editora: Estética Torta
Ano de Lançamento: 2020
Tradutor: Rafael Campos
Título Original: “Ronnie James Dio: A biography of a heavy metal Icon” (2018)

Sinopse da Editora

Ronald James Padavona começou a tocar música nos anos 50 em algumas bandas de sua cidade natal. Tocou baixo e trompete até finalmente encontrar sua voz, mudar de nome e assumir o centro do palco. E assim nasceu uma lenda do rock ‘n’ roll. Durante uma carreira que durou seis décadas, Ronnie liderou bandas lendárias como Elf, Rainbow, Black Sabbath, Dio e Heaven & Hell. Ao longo do caminho, dividiu o palco com alguns dos músicos mais renomados do rock, como Ritchie Blackmore, Tony Iommi, Vivian Campbell e Vinny Appice.

Nos anos 80, Ronnie chegou ao estrelato com álbuns clássicos como Holy Diver, Last in Line e Sacred Heart. Com suas letras carregadas de temas medievais, poderosos vocais e shows grandiosos, ganhou legiões de fãs e foi amado em todo o mundo.

Este livro narra a vida de Ronnie desde seus humildes passos em Cortland, Nova Iorque, até sua morte em 2010. No livro, você terá um vislumbre da vida, música e paixões de um dos maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos. Você ouvirá histórias e memórias do primo de Ronnie, Bill Padavona, além de seu amigo do colégio, Ralph Miller, e seus primeiros companheiros de banda, David Feinstein, Mickey Lee Soule, Tommy Rogers, Doug Thaler e Dick Bottoff. Além disso, há entrevistas e relatos de várias pessoas que conheceram Ronnie, incluindo Vivian Campbell, Claude Schnell, Rowan Robertson, Jeff Pilson, Gary Hoey, Tracy G. e até o cabeleireiro pessoal de Ronnie, Joey Belfiore.

RONNIE JAMES DIO: A HISTÓRIA DE UM ÍCONE DO HEAVY METAL traz dezenas de fotos raras de Ronnie, algumas jamais publicadas anteriormente. Leitura imprescindível para qualquer fã de heavy metal.

A primeira edição do livro chega ao Brasil com tiragem limitada a 999 cópias. Não há garantia que outras edições sejam impressas.

– Leia e saiba mais no site da Editora Estética Torta.

Livro: “Scar tissue, as memórias do vocalista do Red Hot Chili Peppers”

Autor: Anthony Kiedis e Larry Sloman
Editora: Belas Letras
Ano de Lançamento: 2018
Tradução: Luiz Roberto Mendes Gonçalves e Andréia Marini
Título Original: “Scar Tissue” (2004)

 

Release da Editora Belas Letras

As cicatrizes reais de uma lenda da música. Considerada pela Rolling Stone como uma das melhores autobiografias de roqueiros de todos os tempos, Scar Tissue expõe a alma de Anthony Kiedis, vocalista do Red Hot Chili Peppers. Kiedis oferece uma história de dedicação e devastação, de intriga e integridade, de imprudência e redenção – uma história que só poderia ter saído do mundo do rock.

 

– Leia e saiba mais no site da Editora Belas Letras.

– Leia matéria no site do jornal “Folha de São Paulo”.

 

– Clique aqui, e leia um trecho do livro.

 

O livro foi lançado pela primeira vez no Brasil em 2005 pela “Ediouro”, e tinha como título: “Scar Tissue – A Vida Alucinada do Vocalista do Red Hot Chili Peppers”.

Sinopse do lançamento de 2005 pela Ediouro.

Quem já ouviu as músicas de Anthony Kiedis, vocalista dos Red Hot Chili Peppers, logo reconhece seu estilo honesto e direto nas páginas de Scar Tissue. Não há constrangimento nenhum em narrar as piores fases de sua vida, incluindo os relacionamentos mais problemáticos e os longos períodos sombrios em que jogava tudo fora em troca de mais uma viagem de heroína.
O tom emocional de Kiedis envolve o leitor em seu sofrimento e em seus triunfos, como se o protagonista dessa história real fosse um irmão ou um amigo próximo.
Scar Tissue relata a vida de um astro do rock sem maiores mistérios, longe do glamour vendido pela imprensa musical. É a expressão da paixão de um homem pela vida, pela música e pelas batalhas contra os demônios pessoais que quase o destruíram.

1 2