Livro: “Dado Villa-Lobos: Memórias de um Legionário”

Autor: Dado Villa-Lobos, Felipe Demier e Romulo Mattos
Editora: Editora Mauad X
Ano de Lançamento: 2015

 

is it illegal to buy viagra online in australia bibliography mla style go to site source site watch https://dsaj.org/buyingmg/kamagra-jelly-manufacturers/200/ free download research papers on cloud computing pdf ap us history essay writing tips get link history thesis guidelines https://pharmacy.chsu.edu/pages/scientific-paper-english-editing/45/ duro sildenafil oral jelly viagra for inmates choice essay sample healthy body essay what strengths does levitra come in here obagi tretinoin cream 0.1 buy keflex on line https://zacharyelementary.org/presentation/the-influence-of-internet-essay/30/ https://ramapoforchildren.org/youth/research-paper-to-buy/47/ enter site essays x26 effluvia fazer viagra natural melancia https://www.innovativefitness.com/perioded/lattulosio-controindicazioni-viagra/37/ go site follow water for elephants essay http://hyperbaricnurses.org/15947-how-to-buy-cheap-viagra-online/ go to link https://heystamford.com/writing/custom-research-paper/8/ https://zacharyelementary.org/presentation/conclusion-statement-for-essay/30/ Sinopse da Editora

Trinta anos após o lançamento do seu primeiro disco, a lendária banda Legião Urbana tem a sua história e seus bastidores pela primeira vez contada por um de seus integrantes, o guitarrista Dado Villa-Lobos, também compositor e produtor.

‘Memórias de um legionário’ é tudo aquilo que um fã ou mesmo um apreciador de biografias sonharia em encontrar em um livro. Relembrando a sua própria trajetória como o guitarrista da banda que, mesmo após 15 anos do seu final, ainda era a terceira que mais vendia discos da gravadora EMI no mundo, Dado, juntamente com os historiadores Felipe Demier e Romulo Mattos, dá detalhes instigantes. Ele, que ingressou na Legião Urbana em 1983, convidado por Renato Russo e Marcelo Bonfá, recorda, por exemplo, shows em que o público se rebelava e criava um caos, jogando pequenas bombas no palco.

Para garantir a identidade e sinergia com os fãs e com a história da banda, a capa do livro foi criada pela mesma designer que produzia as capas dos discos da Legião Urbana, Maria Fernanda Villa-Lobos. Vale a pena ler e esmiuçar, através de seu guitarrista, a história dessa banda de trajetória intensa e genial, que, apesar de ter encerrado suas atividades em 1996, continua cultuada e venerada por fãs de diferentes gerações.

 

– Leia e saiba mais no site da Editora Mauad X.

– Leia a matéria sobre o livro no site do jornal “O POVO”.

(Visited 109 times, 1 visits today)